terça-feira, 4 de março de 2014

TIAGO - O IRMÃO DE JESUS - Mensagem de MARIA DE NAZARÉ


                                      
    MENSAGEM DE MARIA DE NAZARÉ


                   TIAGO -  O irmão de Jesus



*Obs. :  Os espíritos que administram esse blog, como assessores de Mestra Nada, sugeriram essa mensagem de 2002, que é parte do livro das canalizações de Maria, por nosso intermédio, ainda a ser publicado, para ser postada na data de hoje, pois afirmam que ela é essencial e urgente, como parâmetro, a centenas de pessoas, que devem se espelhar, de alguma forma, nessas suas palavras , nessas reminiscências da vida de Tiago, em nossa atualidade. 
Paz e luz a todos ! 

Rosane Amantéa



Glória a Deus nas alturas e paz aos homens e mulheres de boa vontade !



Venho hoje falar aos homens sobre a figura que conviveu com Jesus Cristo durante muitos anos, desde o seu nascimento, e que após a crucificação, deste seu irmão, continuou levando a sua palavra magistral a muitos recantos da Judéia e da Palestina, porquanto lhe batia no âmago da alma o interesse sincero em se redimir perante Jesus, pela sua postura indefinida e rebelde durante todo tempo em que conviveu ao lado deste grande mestre.


Este personagem, que hoje se encontra encarnado entre vós, ai na Terra, fez parte da nossa família carnal após a descida do vosso Salvador. Refiro-me a um dos seus irmãos, ainda pouco comentado entre as criaturas humanas, porquanto nada sabem sobre esse irmão de Jesus...polemizando sobre a sua existência como filho de Maria ou não.


Seu nome, na época, fora trazido a meu espírito como inspiração de vários seres que me diziam que ele já vinha caminhando pela Terra há centenas e centenas de anos, mas que havia aportado neste planeta provindo de outras regiões do Cosmos, com a meta precípua de identificar aqui, no plano da vida carnal da Terra, todas as suas necessidades e lacunas espirituais, como identidade no universo, ao observar as incongruências que reinavam aqui neste orbe....e que pudessem fazê-lo revolver o seu próprio espírito.

Na busca de completar certos aspectos do seu espírito antigo, já viajor das galáxias em centenas de planos, tanto espirituais como materiais, por todos os orbes habitados física ou espiritualmente, os quais os espiritualistas já te conhecimento, eis que nasce por mim... Tiago....o irmão mais novo de Jesus.


Como eu vinha dizendo, o nome que me foi sugerido por excelsas autoridades do plano espiritual fora esse: ...Tiago. Um dos meus filhos amados que caminharam comigo, desconhecidos hoje, e também à época, por tantos que somente tinham olhos para o mestre Jesus.

Mas eu, como mãe, também tive essa tarefa, que não foi relatada em livro algum, de continuar acompanhando o desenvolvimento dos meus demais filhos, onde este grande espírito também aqui estava encarnado, ao lado do Mestre Jesus.

Venho relatar à humanidade que, àquela época o seu espírito também era esquecido de todas as suas capacidades, de todas as suas conquistas espirituais pois que o Pai assim designou para os que encarnassem na Terra.

Aí, em vosso planeta, as encarnações sucessivas vão se procedendo com o esquecimento, para que mais benefícios possam ser hauridos das vossas experiências, das vossas todas vivências, pois que as lembranças do passado, das antigas encarnações, muito poderiam prejudicar-vos no andamento da vossa evolução, no âmbito das vossas tantas lacunas morais e espirituais, que vínheis buscar preencher, com vossas vidas aqui na Terra.


Enquanto o Mestre Jesus se dedicava, desde os seus tenros anos, a muitos ofícios e preparos que aquelas fraternidades essênias lhe exigiam, e de onde recebia tantos ensinamentos, de onde também doavam-se tanto, todos eles, aos pobres e a outros espíritos que deviam ser iniciados, Tiago permanecia ao meu lado, e ao lado de José, até o dia em que o desencarne do pai o tornou muito diferente.

Tiago se desenvolveu em meu ventre, nasceu e cresceu, também, ( para que todas as dúvidas sejam dirimidas )....e foi se revelando um criatura muito voltada para a natureza e também para a 'madeira', tanto quando seu irmão Jesus, pois que, nos seus tenros anos, muito ainda brincaram juntos.... brincaram com a sua sabedoria dos sinais que já identificavam...os símbolos cósmicos da linguagem do Pai.



Os símbolos que ele já identificava, ao lado de Jesus, com muita naturalidade, quando ambos os compunham com os tocos de madeira, aos quais já me referi logo em uma de nossas mensagens, através dessa nossa mensageira específica, aqui no Brasil...( * Obs da canalizadora: - Ler a mensagem : 'Jesus, a Madeira e a Cruz '- cujo link consta no final dessa postagem )... davam-se em momentos de convivência entre eles, muito doce, porquanto ambos tinham uma característica comum, que era a de uma sede muito grande de conhecer os porquês das coisas, a origem de cada elemento da natureza, o porquê da vida, o porquê das diferenças entre as coisas, entre os seres...

Suas tarefas foram diferentes, porquanto o mestre Jesus, sendo o governador da Terra, veio como enviado do Pai, em missão especial, para compor, realmente, o que chamais de Cristianismo, onde ele pretendia que o Amor fosse a sua única bandeira a ser flamulada, e não o fanatismo e as incongruências a partir das leituras díspares sobre a sua vida. Mesmo tendo sido esfacelado o seu legado em tantos segmentos de idéias, e muitas deles contrários ou antimodelo do que ele propôs, e outros que não vieram da sua mesma fonte....do meu sublime filho, Mestre Jesus.....este sim é um espírito luminal...a essência e o representante fiel de todas as virtudes do Pai.


Mas, Tiago conviveu ao seu lado, sendo uma alma que não tinha a mesma missão da alçada de um canal do Cristo Cósmico, de governar um planeta, como teve Jesus, mas tinha viajado pelo universo, conhecendo, assim, as realidades de muitos planetas, de vários tipos de vida em cada um deles...e tendo já adquirido muita sabedoria no tocante à 'natureza peculiar' dos elementos de cada um deles.... de cada orbe onde havia vivido... de forma que foi se adestrando sobre esse departamento do conhecimento, nestas viagens que fazia, e, com certeza, comandadas pela sabedoria divina, para locupletar a sua saga...tendo oportunidades constantes de enriquecer as especialidades que seu espírito necessitava vivenciar. Para ele, conhecer a matéria pulsante, através da pesquisa sobre as muitas formas de vida elementar, que os seus anjos tutelares certamente também lhe sopravam ao coração e à mente, era o seu objetivo como criatura, como espírito, como consciência itinerante no Universo.

E, nesta peregrinação por tantas órbitas de vida, o seu espírito, dentro desta especialidade de estudioso dos fenômenos materiais, cosmotelúricos, foi se tornando célebre para muitas populações siderais, que sabiam que este ser tinha esses conhecimentos já bem sólidos, sedimentados...e 'preciosos'.

Como eu disse, a sua especialidade foi se aprimorando na pesquisa, a ponto de saber manipular muitas energias, e construir muitas obras no plano espiritual ou no espaço sideral. Quando a vontade de um espírito já maduro, já vivido em vários planos de evolução, é capaz de criar formas e criar os próprios habitats, os próprios jardins, os próprios meios de vida, no Universo....ele pode ser considerado um Mago... Um Mago Cósmico !

Esse é um tema que ainda há de ser comentado e estudado com mais afinco, e com mais recursos vindos de novas egrégoras do Conhecimento Universal para a Terra, doravante, em vossas sociedades espiritualistas, espraiadas pelo vosso planeta:

-- Essa capacidade criadora dos espíritos, que gravitam no espaço cósmico, e que já alcançaram esta condição, esta posição de esculpir a natureza sideral... de esculpir, com os elementos fluídicos da matéria sutil virginal, que abastece todos os reinos de vida, tudo aquilo quanto sua mente possa querer plasmar.


Mas eis que, nesta fecundidade criadora, o seu próprio ser ...a sua consciência singular...única...como as de todos e cada um de vós....clamava por reconhecer e vivenciar outros aspectos da alma, não adquiridos, totalmente, por ele, em todas as regiões cósmicas em que havia habitado...tanto como ser espiritual livre...como quanto um ser físico.... ou como ser fluídico, de natureza diferenciada do ser físico na Terra, no entanto...como foi quando nasceu na Terra, após essa encarnação como meu filho, por várias vezes,.....ao que diriam os espiritualistas: 'como um ser *entrante'... em fetos que nasceriam mortos...sem os espíritos que ali estariam agregados, pelas vias naturais de programação encarnatória desses. ( *Obs: Ler sobre 'Walk ins' na internet .* )


E esta lacuna que ele sentia no coração era sentida pelo fato de ele ter se 'individualizado' muito, pela sua própria odisséia de especialização sobre as manifestações da natureza, que o havia absorvido totalmente, por éons.
Começou a se dar uma necessidade íntima... que ele sentia profundamente, já à época em que nasceu como irmão de Jesus.  Era ele sedento de integrar-se com outras almas, com outros seres, quando pudesse fazer trocas, também, entre as suas e as das outras experiências que esses outros seres pudessem ter, como também conhecer, de uma forma mais objetiva, aquilo que ele sempre vinha dizer (ou viver) com todas as suas vidas fora da Terra: '...- de que existia uma complementação a cada espírito, que seria a da sua alma gêmea....a qual nunca havia encontrado.

A sua 'carreira' evolutiva como buscador...como mago... foi realmente muito extensa, mas a sua própria consciência de que lhe faltavam experiências de outros teores, e não somente aquelas que o tornaram conhecido como um ser cósmico que 'cavalgava' de região a região, no espaço, à procura do conhecimento da natureza peculiar de cada uma delas...já estrondoava em sua alma.


Perquiridor de sabedoria sobre os 'elementos'.... quais seriam os que compunham essa 'natureza' outra....a de se 'amar'...como diziam ? ... Essa lacuna de alma fazia com que ele sempre inquirisse a si mesmo sobre 'como seria' aquilo que outros seres, já em liberdade espiritual, afirmavam sobre esta 'complementação cósmica'.... que era identificada pelo profundo amor que criaturas sentiam uma pela outra.

Muitos podem estranhar sobre o que explico hoje, meus filhos !

Perguntam-se a si mesmos como é que pode o ser espiritual estar já apto a criar  formas no espaço...e a percorrer moradas e moradas para se especializar no conhecimento sobre a matéria.....e não ter conhecido nada sobre o sentimento sublime do amor. No entanto, meus amados, que me lêem, quero hoje vos dizer que existem inúmeras trilhas evolutivas e que o Criador permite a todos os seres criados, de certa forma, vivenciar e se especializar, sem que também tenham conhecimento ou vivência das outras trilhas que outros percorreram. Por isso é que sempre dizemos, e isto já é de vosso conhecimento, que a vida é eterna, para que se possa obter o conhecimento eterno e infinito.... de tantas coisas.

Quando um espírito embrião, ainda, na sua criação, começa suas primeiras peregrinações na vida material, e percorre escalas de mundos e mundos para adquirir a sua libertação, pode ser ainda que ele queira conhecer como é ser um embrião de outra escala de mundos, em outro plano de matéria, onde venha ter outros tipos de experiências... e ali ainda se transformar, novamente, em um embrião... e começar a vivenciar todas as vidas em um planeta que se liberte deste planeta ...e que passe a outro planeta ....e que chegue a ser um anjo naquela escala de evolução ...e a partir daí. este anjo ainda pode desejar conhecer outra trilha de evolução e se tornar, novamente, mais um embrião de todos os reinos, naquela trilha, e depois percorrer novos mundos e novas paragens e ter novas vivências, novos conhecimentos.... E essas trilhas são milhares.


Então, quando pensais aqui na Terra que vosso ultimo estágio ainda será de um anjo, ainda estareis vendo de forma tão pequena a vida universal !
Porque... o vosso anjo que vos rege nesta Terra... ainda pode ser um ser diminuto perante outros grandes seres que existem hierarquicamente após ele...

Por isso é que falamos de Tiago.....Para vos servir de parâmetro.

Após ele ter percorrido várias e várias paragens cósmicas, tendo a liberdade já de um ser tendo já vencido seus próprios percalços evolutivos dentro de uma trilha ascencional, questionou-se, então, num determinado período da sua liberdade no espaço, sobre a outra nova trilha que pudesse desenvolver no plano material, a fim de buscar estes sentimentos de identificação com outras criaturas.

Quando o espírito de Tiago puder se sentir, também, conhecedora desta nova face de sistema evolucional...o sentimento....essa face da perda do individualismo para uma percepção sobre o universo particular de cada criatura, das necessidades de cada criatura, que está se desenvolvendo, também, na sua caminhada em tal ou qual trilha de vidas sucessivas...ele vai se deflagrar com essa nova conquista de seu ser, que o levará para o que o seu irmão Jesus mais ensinou.

Foi assim que......de berço em berço, nas galáxias de vários esquemas evolutivos... a mais recente escolha de Tiago foi peregrinar pelo planeta Terra, em sucessivas encarnações, tendo tido a sua primeira vivência na Lemúria e, posteriormente, na Atlântida.

Quando chegou a estas civilizações, tendo vindo sozinho, sem dever se retratar carmicamente com ninguém...e, enquanto isso... por desígnio do Pai... acontecia a transmigração aqui na Terra....ou seja, filhos....a de estarem em andamento as transferências de certas civilizações no Cosmos, que estavam vindo em exílio para a Terra.

Esses seres de outros recantos do universo, que para cá chegavam, parte deles vinha de forma natural, trazidos à luz da vida terráquea por meio de encarnação humana, ou transportados para cá, por também estarem compatíveis com o nível planetário a que pertencia o seu planeta de origem, antes de ascensionar para um padrão mais puro. Aportavam na Terra para que também recolhessem novas experiências, não estando em frequência correspondente com o progresso de seus orbes.

Outra parte deles, dos que aqui chegaram, detinha amplos conhecimentos adquiridos em outras galáxias, mas estariam em exílio para sua evolução, ou procurando sobrevivência em vosso orbe, como raça estelar demovida de seus planetas de origem, por guerras ou devastações que impediam a continuidade da vida.

Outros que chegavam, no entanto, eram milhares de seres luminosos, que vinham predestinados a ajudar a evolução do planeta Terra, com ultra superior condição espiritual.

Então, especialmente esses últimos, formavam um grupo espetacular de criaturas, milhões de seres, que vieram compor o cenário humano da antiga Lemúria, mas que para os padrões do nível planetário dos que já viviam aqui como primitivos seres, originalmente fecundados na própria Terra, desde os primórdios de manifestação de vida, aparentavam-se como uma civilização extremamente evoluída, detentora de conhecimentos múltiplos sobre a manipulação da natureza, das energias, do próprio espaço, das próprias camadas atmosféricas, das próprias profundezas planetárias, de todos os seus elementos.

Tiago, então, veio, não propriamente exilado, e nem como iluminado, mas como mais um dos lemurianos, como decisão de seus regentes ancestrais, dentro da sua liberdade provisória naquele período, que podeis chamar de um 'tempo cósmico', em que permaneceria observando e preenchendo as suas lacunas espirituais.

Ele integrou-se, também, a esta civilização lemuriana, entrementes, não estando essa, também, exatamente, ou totalmente, nas condições que vinha procurar, que era a de desenvolver um trabalho de integração com as criaturas, um trabalho de amorizar o seu espírito, de realmente quebrar ...modificar...e ampliar... a sua própria egrégora, que era a de um 'cientista sideral'...um mago...portanto mais racional...e, porém, frio.

Mas, justamente, nesta civilização lemuriana, por desafios divinos impenetráveis, ele novamente voltara...(  sem que se apercebesse disso, porque o esquecimento estava ali presente, também, na sua mente. como em todos seres encarnados )...aos seus próprios mecanismos de pesquisa das energias, dos elementos, da plasmação de seres, da plasmação de formas, materialização das suas vontades...como fazia no espaço cósmico...e em outras estâncias de vida por onde passou.

Caiu então, esse que também foi meu filho, e antes que o fosse, no rol da 'lei de ação e reação', quando então continuou, como ser encarnado, tentando vencer a si mesmo, no esquecimento de si e de quantos testes foram colocadas à sua frente, nas suas tantas trajetórias, para que delas ele tirasse proveito e provasse, perante o Pai, e perante si mesmo....envolvendo-se com o orgulho e a sede de poder.

O seu conquistado desembaraço na manipulação das forças da natureza, enfrentando na Lemúria o desafio quanto àquilo que era justamente o que o seu espírito já portava, fizeram-no relembrar de seus dons e capacidades, sendo que as suas necessidades eram outras nesta trilha escolhida. E, desceu Tiago, ao mecanismo do rol cármico, diante das provas traiçoeiras que a vida na Terra lhe propiciava, nesse mesmo momento em que pulsava seu espírito, no âmbito particular de sua peregrinação, o ideal do seu encontro com o amor.

Em muitas e muitas vidas, tendo sido sacerdote lemuriano, portador de muitos conhecimentos e muita sabedoria, tanto ajudou a muitos, como também, envaidecendo-se das suas condições mentais, da sua alta sabedoria em tecnologia espiritual, começou a subestimar o valor das demais criaturas e dos demais feitos, desejando sempre estar em posição superior aos demais sacerdotes.


Isto foi lhe gerando, cada vez mais, a necessidade de 'expiar', nas próximas vidas, essas suas atitudes, distanciando-se da sua real procura, que era a de vivenciar o sentimento do amor. E, em cada vida de expiação do seu passado, ele novamente vivia à frente de desafios, na área do poder: - o poder do conhecimento, o poder de estar administrando uma casta de sacerdotes ou de criaturas voltadas à magia, à manipulação da natureza, dos raios cósmicos, dos raios solares ....

       Passado todo um tempo de atuações desastrosas na Lemúria e as expiações dolorosas em outras, estagiou, durante um período, no espaço, tendo sido esclarecido sobre o quanto o seu espírito se negou, naquelas vidas, a realmente adentrar o seu próprio anseio, que era o de vivenciar outros aspectos da vida humana.

       Foi então que, ao tempo de Atlântida, novas oportunidades lhe foram dadas, quando também ali enfileirou-se, junto a altos comandantes do mundo da magia, integrando-se a grupos que tentavam mostrar à população todos os seus feitos, os seus poderes, para tentar, alinhar-se com as conquistas mais nobres da alma.

             Neste afã de novas perspectivas, porém, e infelizmente, esquecido completamente das suas buscas verdadeiras, tentava Tiago, novamente, demonstrar àquelas comunidades todo o seu poder.

          Ao se tornar cúmplice de centenas de seres com o mesmo propósito, comandaram, todos juntos, o espetáculo da devastação de toda uma região ali próxima, quando a natureza estuante, verdejante, foi, pela força daqueles pensamentos conjugados, em operação magística inconsequente, completamente destruída, na forma de uma grande queimada, provando assim, ele, Tiago, com os demais, a capacidade que lhes era peculiar.


Mas este feito, longe de os assustar, fez com que a vaidade e o orgulho de cada um dele ainda se avultasse, e, antes que parassem com toda essa demonstração, perfileiravam-se, mais e mais ainda, na tentativa de provarem as suas condições, trabalhando com as pedras, com os cristais, com o fogo, com a água, com o poder mental, a energia das luas, das fases da lua, e com energias que provocassem a aproximação do Sol...


Estudavam eles as épocas mais propícias para que os seus poderes pudessem ter o impacto que eles desejavam que tivessem. A eles faltava, no entanto, a sabedoria verdadeira..a sabedoria plena:-  a de compreenderem que aquele movimento todo interferiria na ecologia terráquea, de tal forma a causar mudanças drásticas a todos os seres. E que culminariam, o que de fato, ocorreu, num determinado momento, com a 'submersão' da própria Atlântida, onde viviam. Foi nesse período que Tiago, numa sua encarnação, dentre outras, realmente ordenou a alguns outros companheiros, que realmente manipulassem, de forma mais incisiva, certos mananciais da natureza que deveriam ser intocáveis.

Ao seu lado, também na situação de ter uma condição especial, que assim como ele, tinha também as suas capacidades mentais e as suas capacidades de manipulação da natureza, dos raios cósmicos, das vibrações estelares, do magnetismo das profundezas da Terra...havia um espírito em encarnação missionária.

Esta criatura também estava na Terra, mas com a tarefa de fazer o seu potencial de amor irradiar-se na humanidade, para ajudá-la a ascender-se. Mas eis que, nesses caminhos por onde a alma trafega, quando cai novamente num mundo material, na vibração como a do vosso planeta, mesmo que tenha atravessado múltiplos esquemas evolutivos e conhecido paraísos celestes, percorrendo túneis muito tenebrosos para chegarem até o planeta para auxiliar.....deflagra-se a alma, por vezes, com os desafios inerentes à condição frequencial dessa morada cósmica.

E na estranheza desse fato, dessa vivência em condições inóspitas, para seres mais evolvidos espiritualmente, e já possuidores da virtude do amor por todos os seres....o viver na Terra faz com que se confrontem com situações desafiadoras para os seus espíritos, desacostumados dessas vibrações terrenas, e começam, então, a agir de forma a assemelharem-se com a sua população e seu nível de evolução.

Mas, na verdade, a muitos deles, desses missionários, apenas caem porque, no seu esquecimento, as situações de vida que lhes foram colocadas à frente são completamente novas.... E são justamente essas experiências novas que lhes são necessárias para experimentarem os seus espíritos, a fim de que as vençam, assim conseguindo trafegar por todas as demais vidas que terão que ter, na Terra, para ascenderem novamente,  e alcaçarem êxito em seus propósitos, por oportunizarem a libertação espiritual de muitos espíritos aguilhoados aos trâmites em esferas carnais de maior densidade.

Ao se encontrarem, então, essas duas criaturas, na época dois homens de suprema autoridade em suas autarquias: - Tiago, sendo um sacerdote chamado Akarishina... e o outro homem, a quem me referi agora, chamado Gabidki..... estavam em conversação sobre 'utilizar ou não' os mananciais que eram 'intocáveis', para provarem aos demais que realmente teriam as condições de serem superiores. 

No entanto, naquele que estava na condição de trazer o seu amor à face da Terra, brotou a indagação interna e que manifestou ao outro, se realmente deveria lançar mão de tão sagrado sistema oculto de leis da natureza, porque sabia que haveria consequências nefastas.


Convencido por Akarishina de que seria uma prova suprema que os levaria a deter as posições de comando sobre aqueles que estavam disputando seus tronos de poder, ordenaram ambos, a todos os demais que lhes eram submissos às vontades e aos caprichos, que acessassem aqueles mananciais tão importantes.

Foi quando se deu então tudo aquilo que conheceis vós de 'submersão da Atlântida'.


Esses dois seres, os dois em condições de extenuantes eras de evolução espiritual.... um tendo vindo 'buscar' o amor na Terra e o outro tendo vindo 'trazer' o amor à Terra..... se encontraram...e esse drama terráqueo desencadearam, fazendo render aos demais, seus submissos, toda uma série de sofrimentos, em centenas de encarnações que vieram a seguir...e que ainda os faz fremer seu ódio, nos umbrais da Terra, ou como, ainda, contemporâneos vossos, encarnados entre vós,  vivos, aqui nesse período do orbe, onde também vós, meus filhos, agora mesmo ainda trafegais.

Cada qual deles, esses espíritos compromissados com a Lei Divina, por todos esses milhares e milhares de anos que se sucederam após isso, vêm experienciando inumeráveis situações cármicas, em variados pontos do planeta, em variados países, nações, cidades, tendo oportunidades de reparo de tudo quanto haviam manipulado. Todos eles, em centenas e centenas de encarnações, aperfeiçoando o espírito novamente, nesta nova trilha ascencional, tiveram vidas, tanto de apogeu e fim de suas expiações..de redenção e libertação... como vidas de mais quedas evolutivas, além das que já haviam tido.

Aquele dentre o par de seres que ajudaram a mudar a história do planeta...e que vinha trazendo o amor para ser irradiado,  foi rapidamente se assenhoreando, novamente, das suas condições espirituais que eram anteriores a sua vinda à Terra.... e foi se robustecendo na distribuição de todos os frutos desse amor, e na conquista de novos espaços, de importância, em carreiras quer na religiosidade, como na política ou no âmbito assistencial, com grandes êxitos em várias dessas vidas, sendo hoje já um espírito completamente liberto. Tendo saído já deste planeta no século passado, novamente retornou à Terra, por vontade própria, para terminar o seu trabalho de partícipe da reconstrução planetária, na mesma época em que aquele que lhe fora companheiro de ordenação de toda aquela catástrofe.


E este, que é o nosso Tiago, veio também durante sucessivas encarnações vivenciando muitas etapas de restauração dos seus atos, como também de manifestação dos seus dons em várias vidas, tendo alcançado muitas vitórias em várias dessas vidas, mas nunca, ainda, até esse momento, tendo conseguido realmente encontrar aquilo que veio buscar na Terra que era 'o amor'.

Teve posições também de comando, de poder, tanto no Egito como na Caldéia, como em regiões desconhecidas para vós e que hoje são partes do que chamais de Afeganistão, do que chamais de Hiroshima, do que chamais de Indonésia, de Escandinávia, entre outros.

Em determinado tempo, o seu espírito, já tendo amadurecido com os milhares de anos, já estava novamente envolvido com a sua condição original antes de vir para o vosso planeta, quando então, considerado um dos grandes seres do Tibet, numa vida de trégua espiritual, após tantas injunções cármicas, as suas vibrações sutis tiveram a oportunidade de retomarem as fímbrias de seu ser, mantendo sempre conversações e diálogos muito profundos com outros seres, mestres também do Tibet,  foi sutilizando sua alma em direção a novas conquistas da alma.

Ao desencarnar dessa vida no Tibet, foi designado, no espaço, por todos aqueles encarregados da vinda de Maria à Terra e da vinda de Jesus à Terra, a ser o irmão do grande Mestre, que vinha justamente falar sobre o 'amor' em todas as suas manifestações.

E eis então que Tiago, como irmão de Cristo, fora recolhendo, desde os albores de sua infância, toda a ternura do Mestre, toda a mansidão de seu espírito. Também, já portador de uma sabedoria relativa, com certeza não da extensão do mestre Jesus, mas tendo tido já suas experiências intergalácticas antes de sua vinda na Terra, afeiçoou-se aos interesses de Jesus e conhecia também todos aqueles sinais e símbolos que o mestre Jesus fazia com os seus tocos de madeira.

Durante a sua infância e adolescência Tiago sempre se manteve ameno, tranquilo, identificando com o seu espírito sagaz, as injustiças daquelas desigualdades, indignando-se com aquelas arbitrariedades e violências que eram cometidas pelos homens, completamente revoltado, também, com o a política injusta, com o sistema de cobranças de impostos, da cobrança do dízimo, da exploração dos mais simples, das formas de punição aplicadas à época.

Por causa disso..por esse seu modo de pensar... já na sua juventude, percebendo a excelsa tarefa do seu irmão, e vendo.. e farejando ...de que pudesse haver para o seu irmão grandes inconvenientes.... pela forma com que o Cristo falava abertamente ao povo.... iniciou-se dentro do seu espírito uma revolta muito grande...e ele perguntava ao seu irmão Jesus:

"- Por que ir assim, de peito aberto, de encontro aos sacerdotes de Jerusalém, que não o vêem como um ser enviado? ..... - Por que ir de encontro às autoridades da corte romana? - Para falar deste amor ? ... que o colocará em situações difíceis, podendo encontrar até a própria morte ?.... "

Rebelou-se, então, contra a missão de Jesus, até vê-lo crucificado.

Mas, logo em seguida, tomado pela consciência da grande missão desse seu irmão, que veio dar esta demonstração à Terra do seu sofrimento, para que se acendesse na humanidade uma nova luz, a luz do amor incondicional a todas as criaturas, o amor a um único Deus, a do perdão, da fraternidade, da solidariedade a todos os que sofrem, Tiago passou um período completamente afastado de nós, fazendo suas reflexões em redutos essênicos, tendo, então, ele, incorporado-se a esses monges, no monte Carmelo, quando começou a receber novas instruções  e iniciações dos mestres dali.

Já mais experiente e redimido, foi então consagrado pelo Mestre Zerah, como pregador cristão, após exaustivo período de análises profundas sobre o seu comportamento anterior à crucificação do irmão, que o fizeram colocar-se na posição de quem gostaria de lutar pelas idéias ensinadas por Jesus e tornar-se, mesmo após a sua 'dita' ressurreição, um dos seus apóstolos pós mortem, pois que, para todos, o Cristo estava morto.


E foi assim que, após longos anos de dedicação, tornou-se um grande disseminador das palavras...


... ( aqui perdemos 10 minutos de explicações de Maria que ficaram sem audio....e a fita retorna, assim:... )


...Confuso .....e ainda no plano espiritual.... estava constantemente assediado por milhares de espíritos que o acompanhavam desde a Lemúria, sendo constantemente visitado, também, por seres de outros planos, em busca de seus conhecimentos de cientista cósmico, de forma que, algumas vezes, ficou completamente atingido na sua área mental, no plano astral, porquanto o seu espírito ainda se debatia por tantas coisas a serem vencidas.

Muitas foram as outras vidas que teve, mesmo antes dessa como irmão do Cristo, quando também, no Egito, tendo sido o faraó Amenófis III, teve a oportunidade de ter concebido, junto aos seus filhos, o ser que trouxe à luz do mundo uma nova religião, juntamente com aquela, que também fora sua companheira, na Atlântida,  a rainha Nefertiti, realizando ambos a sua missão de amor. Pai de Akhenaton, tentavam, cada qual desses, e enquanto estiveram juntos, construir uma religião única e sólida, no seio daquela população que adorava as riquezas e os totens, não cultivando as verdadeiras relíquias da alma: - o amor, os sentimentos, o religare sagrado.


Também esteve Tiago em vários outros recantos do planeta, como vários personagens de várias raças, até os dias atuais, quando ainda se processa, aqui na Terra, estando na meia idade, a sua vida decisiva.

          Anteriormente à essa sua última reencarnação, antes dessa encarnação atual, encontrara-se ele, no espaço cósmico, com o mestre Jesus, aquele que fora seu irmão. E ele, o Mestre, dizendo ao coração daquele que havia sido seu irmão e divulgador de seus ensinamentos, que seu espírito já cansado poderia obter nesta vida a sua total libertação de tantas contingências terrenas que já havia vivenciado.
Mas, para isso, seria impostergável que não se afundasse mais em tantas incongruências da sua própria alma, que respira, hoje, numa simbiose de devoção às coisas espirituais, às causas crísticas e aos conhecimentos da natureza, aos porquês de todas as coisas, sempre em busca da sua índole verdadeira de pesquisador cósmico.

Nesta vida, ainda, terá que se lembrar daquilo que lhe fora pedido pela sua própria alma, e que o fez chegar até a Terra, e que, até as suas últimas encarnações ainda não fora concretizado:  - a busca do sentimento do amor,  na forma como ele havia sido informado no espaço e que não compreendia: - a comunhão de idéias e de sentimentos, de alma para alma, pelo espírito na polaridade masculina e na polaridade feminina se encontrando para vivência da plenitude do êxtase.

Era isso, justamente, o que ele vinha buscar, e passou por tantas outras circunstâncias adversas, sendo que, até a sua encarnação anterior, ainda não havia logrado penetrar nesse âmbito, que ainda lhe é um mistério.

Nesta conversa com o Mestre Jesus, anteriormente à sua recente encarnação, o Mestre dissera ao seu espírito, por prever que ele, Tiago, poderia novamente enredar-se pelos caminhos da vaidade que causa o poder ao que não está astuto e vigilante:


***  '- Cavaleiro do Espaco ... Cavaleiro do Universo.... não caias novamente !...'


'- Cavaleiro do universo..... não caias novamente, porquanto o teu espírito já se cansa de tantas batalhas. Se queres falar do amor, se queres sentir o amor, esquece tuas posições de poder, a vaidade do teu espírito, a rebeldia do teu espírito, os tumultos do teu espírito e fala mais uma vez à humanidade sobre mim, sobre o amor e sobre tudo quanto espere que ocorra na Terra !..'

'- Sê mais um de meu rebanho ! Sê à minha imagem, agindo no mundo, amando as pessoas, insuflando as virtudes, sendo bom...e unindo-te, em espírito, se não consegues em corpo físico...aos ideais daquele, hoje em corpo de mulher... com quem compartilhaste, desde os primeiros albores, aqui na Terra, as tuas capacidades e poderes....quando a tua alma aqui chegou, e desenvolveu, juntamente com ele, hoje ela, as tramas que fizestes, juntos, em detrimento do sentimento que tanto procuras.'

' -Faz uma obra em favor do meu nome, e ai sim poderás suspirar quando voltares novamente ! Mas obtém o êxito sobre ti mesmo, porque o que te pesa mais, meu irmão, é o fato de não conseguires superar a ti mesmo e não encontrares a paz que tanto procuras ! Alcança o objetivo que vieste buscar aqui na Terra, através do amor sublime a todos os seres ! ... Porque, novamente, estratagemas, por parte dos teus inimigos, te serão colocados à frente, para novamente caíres, na busca da superioridade, da vaidade, das conquistas, da permanência com interesses pela natureza de uma forma prejudicial ao teu espírito.....e quando ela estiver te subtraindo à tua real busca, ela te desviará daquilo que o teu espírito mais necessita...Pois que demonstrações de poder sobre a natureza tu já tiveste  por demais, já que foste construtor de templos de magia na Atlântida, e de obras monumentais, quando no Egito...quando já foste detentor de posses e dons, como religioso.... já que foste negociador na últimas vidas, e tanto adquiriste.....

'- Não deve te interessar, neste obscurantismo, ainda, da tua alma, de não conseguir chegar às tuas metas, e começar, então, a acumular, novamente, tantos bens e vaidades, que te farão, ainda hoje, vangloriar-te.... e quase te comparar às antigas, remotas épocas, quando ainda querias te sentir o detentor de maiores conhecimentos, de maiores posições, de mais riquezas, de mais valores, de mais virtudes.'

'- É isto que eu te digo antes da tua volta, Tiago:

---- Cavaleiro do Universo... não caias, pois que esta vida te é decisória.' ....***



E hoje, meus filhos, lembrando as palavras do mestre Jesus a Tiago,  dedico mais essa mensagem à humanidade, através dessa filha....falando que Tiago, estando encarnado atualmente na Terra, valorosamente, nestes últimos anos, agora, recentes, tem se dedicado às obras de Cristo..... e tem se dedicado à busca do amor incondicional, que tanto procurou, e, que, portanto, por decisão crística, ele integra o grupo que opera na Terra sob a nossa égide, para poder retornar ao seu caminho apostolar de lançar luz à Terra, já redimido de tantas épocas de fracassos e tendo alcançado tantos êxitos na restauração do seu espírito.


Nós fechamos agora, esse desforço de vossa gravação, dizendo que Tiago é como uma nova voz do Cristo, também, na Terra, através da qual ele, Jesus, pretende ainda se irradiar e se fazer lembrar por todas as criaturas. 

Na augusta simplicidade da sabedoria do Mestre, ele deseja que seu irmão Tiago também seja simples como ele, e só deseje o amor .... e não a superioridade sobre os demais.  E que, juntamente, em espírito, com quem ele veio, desde a Atlântida, acompanhando, como aquela que, também na sua proposta primeira, desceu à matéria da Terra para trazer o amor, ambos se conjuguem na mesma seara, para esta grande semeadura.  E é isso o que lhes está reservado! 

É esta a libertação do  espírito de Tiago...e daquele que agiu com ele....e que lhe serve, também, como alavanca, hoje, de formas subjetivas, para que ambos logrem o êxito que esperam desta encarnação.


Queria eu estar realmente contando esta história à humanidade:

'- Que Tiago fora meu filho....e que hoje, em vida... estará sempre comigo, também, ajudando-me a levar a palavra do Mestre para todos os cantos do mundo.'


E que Deus nos ampare nesta tarefa de amor, que é a grande meta de todos nós.


Outras páginas ainda irão ser ditadas por mim.

Obrigada a todos os que crerão em mim.

Descansem e pensem somente no amor, na luz.

Fiquem em paz.


Graças a Deus !





                       MARIA DE NAZARÉ



Mensagem canalizada psicofonicamente por Rosane Amantéa e gravada por membro da Fraternidade da Estrela Ishtar, em dezembro de 2002, na sua sede, à época, em Brasília- DF - Brasil.



  * Link da mensagem indicada. Clique :   JESUS, A MADEIRA E A CRUZ


                                                
                                                                             ©2014 Rosane Amantéa

Esta mensagem pode ser compartilhada desde que os direitos autorais sejam respeitados citando-se o autor e o link   
Obrigada por incluir o link do site do autor quando repassar essa mensagem
 

2 comentários:

  1. Em uma de suas encarnações Tiago é o medium Diamantino Coelho Fernandes que psicografou diversas obras como Derradeira Chamada, Nova Ordem de Jesus, Corolarium, Elucidário. Todas fazem parte da Grande Cruzada do Esclarecimento escritas entre 1967 e 1972

    ResponderExcluir
  2. Tiago anda entre nós no estado do Paraná

    ResponderExcluir